Valter Hugo Mãe autografa para dezenas de pessoas

“Literatura é escrever aquele momento mágico, de emoção, de imaginação, é o poder e a magia de escrever e criar o que não existe”.

“Plantamos o que colhemos. É preciso gostar e amar o próximo para receber coisas boas. “A gente envelhece rápido”. Essas foram algumas das frases do escritor português Valter Hugo Mãe neste domingo, no Teatro da CEEE, integrando a programação da 52ª Feira do Livro de Porto Alegre.

Depois do encontro mediado pela patrona Cintia Moscovich e Luiz Paulo Faccioli, o escritor autografou a sua última Obra Homens Imprudentemente Poéticos.